fRANTEC engenharia

 11-2513-6025

Empreendimento.
A confecção de nossos projetos estruturais se baseiam na seguinte cadeia de gestão: Dimensionamentos de todas as estruturas e seus elementos de acordo com as normas brasileiras o Projetos básicos(indicação de perfis, materiais, especificações, ligações e reações de apoio) Lista de materiais para compra; Modelagem em 3D (opcional) Desenhos de fabricação e montagem (opcional) Verificação e Revisão de todo o projeto; Aprovação do cliente; Emissão do projeto certificado, para todas as idéias e um projeto Frantec Galpões; Prédios Comerciais e Residenciais; Casas; Escritórios; Reforços Estruturais. Aplicação de estruturas metálicas em edifícios de múltiplos andares Seguindo a tendência mundial, onde há décadas faz-se o uso de estruturas metálicas em edificações de múltiplos andares, o Brasil, embora atrasado, finalmente despertou para os grandes mercados da construçãos civil industrializada. Graças às privatizações das empresas do setor produtivo do aço, novas políticas empresariais foram implementadas visando adaptações de seus departamentos técnicos de marketing, no atendimento das necessidades deste novo segmento. Concomitantemente ao desenvolvimento da industria do aço, e a exemplo do que ocorre nos países mais desenvolvidos, foram criada empresas nacionais e de capital estrangeiro, para fornecimento de produtos e serviços complementares a este tipo construtivo industrial. Hoje podemos assegurar que o Brasil possui um parque industrial de primeira qualidade, que juntamente com as empresas de engenharia consultiva e de serviços, podem se igualar aos seus similares estrangeiros, fazendo da construção metálica de um modo geral, um dos baluartes da arquitetura industrial nacional.
 Uma obra notável - o empire states buildind estrutura-multiandares 04 No início dos anos 30, em plena recessão econômica mundial, cinco empresários americanos, liderados por John Jacob Raskob (criador da General Motors), resolveram construir em Nova York, o mais alto edifício do país. Para tanto contrataram a empresa de consultores Shreve, Lamb & Harmon Architects.
 Dotados de uma extraordinária visão futurista e oportunista, os técnicos envolvidos no projeto, decidiram pela utilização em larga escala de elementos modulares semi-industrializados, que pudessem não só, utilizar para sua fabricação e montagem, os operários da industria, mas também da construção convencional, pois em tempos de recessão, esta se encontrava abundante.
Assim surgiu o mais conhecido e pitoresco edifício em construção metálica do mundo!. Em 1 ano e 5 meses, mais de 60 mil toneladas de aço em aproximadamente 185 mil metros quadrados de área construída foram executados, dentro dos melhores padrões de Galpão das estruturas metálicas em edifícios A cada obra, mais e mais vantagens decorrentes da utilização das estruturas metálicas são aferidas. Dentre outras as mais importantes são: estrutura-multiandares 03• Maiorliberdade no projeto arquitetônico com utilização de vãos livres maiores  Alívio nas fundações em até 30% e consequente redução nos custos Organização total no canteiro de obra, Garantias de níveis e prumos.
 A construção convencional trabalha ao centímetro, enquanto a construção metálica tem a precisão do milímetro • Racionalização de materiais e mão-de-obra. A obra transforma-se num processo industrial contínuo e de fácil controle • Menores custos administrativos, Redução de acidentes e Melhor qualidades da obra devido aos processos mecanizados • Flexibilidade na construção: montagem e desmontagem mais rápidas • Escadas pré-fabricadas utilizadas durante a obra • Menor prazo de execução e retorno financeiro antecipado • Compatibilidade com outros sistemas construtivos industrializados • Otimização do “grid” da obra • O aço é 100% reciclável É de suma importância enfatizar que, comparativamente, as obras que utilizam procedimentos industrializados, proporcionam menor custo global, embora em alguma etapa, haja discrepância de valores com a construção convencional. Assim sendo, os estudos comparativos devem ser feitos levando-se em conta a edificação pronta, e não somente uma etapa ou segmento desta, (por exemplo: não se deve comparar custos entre o esqueleto metálico e o seu similar em concreto armado).

 

 

A engenharia de produção tem por objetivo projetar, implementar e gerenciar sistemas integrados de pessoas, materiais, equipamentos e informações com vista a um desempenho econômico eficaz, e que seja ambientalmente e socialmente sustentável e responsável.
 
Para isso os profissionais de engenharia de produção além de possuir conhecimentos tecnológicos, que envolvem disciplinas básicas de física, química e matemática e conhecimentos de engenharia como materiais, mecânica, eletrotécnica, automação industrial etc, complementam sua